Moda Vintage: Saia Godê

Oie pessoal!! tudo bom? Hoje eu preparei um post sobre um estilo que eu amo, o vintage (anos 50/60) espero que vcs gostem!!!  A saia Godê, ficou famosa nos anos 50 por causa do New Look da Dior, Bastante volumosa e com um caimento de ondinha, ficou bastante popular nos corpos das garotas quando começou a surgir o Rock ‘n’ Roll….

As saias mais longas, são as que mais lembram o vintage dos anos 50, dá um efeito mais elegante, sem perder aquele “ar de menina”

Já as curtinhas (que são as minhas preferidas hehehe) na minha opinião são as mais bonitas, existem vários modelos, estampada, lisa, tecido leve,  com textura…. ixiiii vários modelos que com certeza vcs vão amar, pelo menos eu amei :3

Elas combinam com vários looks, desde os mais elegantes, aos mais modernos, despojados e por que não, com uma pegada mais rock? hehe, nas imagens tem alguns modelos para se inspirar…

Além dessas, tem umas de modelo cirré que ficam super legais com top cropped

E por fim esse modelo, que eu particularmente A-M-E-I, ficou parecendo um vestidinho, muito cute ❤

Espero q vcs tenham gostado do post!!! Bjus da Jubs !!!! :*

Anúncios

Pintando o cabelo em 3… 2… Espera, espera, você precisa saber de algumas coisas primeiro ;)

  Oie pessoal, tudo bom? Vim compartilhar o que eu descobri em um dos meus sites de moda favoritos espero que gostem das informações. O ideal é consultar quem entende do assunto, para evitar arrependimentos futuros, a sua beleza, quem define é você o importante é se sentir bem, Lembre-se! então aí vai algumas dicas:

  1º Leve uma foto de uma pessoa com a cor do cabelo que você deseja, a sua cabeleireira (o) de confiança, ela vai adaptar a ideia ao seu tom de pele e ao seu cabelo. As vezes isso sai caro, então que tal deixar para fazer no salão, e apenas retocar em casa?
    Deixar os fios mais escuros é sempre mais fácil do que clareá-los, você terá que passar por um processo de descoloração dos fios, inclusive se for para radicalizar a cor, (verde, azul claro, rosa etc.) é claro que isso vai danificar e muito os fios, então se você ainda está decidida a radicalizar, então é bom saber que terá de hidratar e tratar bastante o cabelo, e vamos combinar que isso gasta muita grana.!
   Manutenção, ou seja, retoque, exige muito tempo e dinheiro (mexas um pouco menos). Coloque isso na sua lista de “prós e contras”. Se a cor é muito diferente do tom original do seu cabelo, provavelmente você precisará de retoques a cada 15 ou 30 dias.
   Lembre-se de suas roupa, bom eu sei que vocês acham que uma coisa não tem nada a ver com a outra, mas é aí que você se engana. Tons escuros e muito pigmentados, como azul e vermelho, tendem a desbotar nos primeiros dias pós-coloração. Roupas, toalhas e fronhas podem manchar, Fique de olho!!!
   Investimento em produtos, não tem jeito, o cabelo tingido fica muito fragilizado! Isso significa que você, como eu tinha dito antes, vai precisar redobrar alguns cuidados específicos, hidratações semanais, xampus e condicionadores próprios para cabelos coloridos/quimicamente tratados, leave-in com protetor solar (o sol pode detonar a cor) e, caso você queira (eu acho até melhor) fazer um cronograma capilar 🙂
   Você não precisa abrir mão do secador e da chapinha, mas terá que moderar o uso e sempre usar protetor térmico. 🙂
   O ideal é não misturar químicas. Ou você pinta, ou alisa. Para quem não dispensa nenhuma das duas coisas, a dica da revista “Capricho” é tingir primeiro. Porque depois de passar por processos de alisamento, o fio demora mais para absorver a cor. Quanto mais tempo você deixa a tintura, maior será a agressão ao cabelo.
   A cor escolhida pode ficar comprometida quando os fios estão muito ressecados e porosos, já pensou se mancha? Aposte em hidratações semanais antes de pintá-los também.
 Bom gente é isso, espero que vocês tenham gostado do post! Qualquer duvida deixem ai nos comentários!!!!!
Beijos da Jubs